Glossário do Guia de Informações sobre Centro de Recuperação, Dependência Química e Tratamento de Drogas Assista vários vídeos sobre drogas, centro de recuperação e testemunhos de ex-drogados.
Slideshow Image 1 Slideshow Image 2 Slideshow Image 3 Slideshow Image 4 Slideshow Image 5


Comunidade terapêutica


Comunidade terapêutica – Visão ANVISA:

 

"Serviços de atenção a pessoas com transtornos decorrentes do uso ou abuso de substâncias psicoativas (SPA), em regime de residência ou outros vínculos de um ou dois turnos, segundo modelo psicossocial, são unidades que têm por função a oferta de um ambiente protegido, técnica e eticamente orientados, que forneça suporte e tratamento aos usuários abusivos e/ou dependentes de substâncias psicoativas, durante período estabelecido de acordo com programa terapêutico adaptado às necessidades de cada caso. É um lugar cujo principal instrumento terapêutico é a convivência entre os pares. Oferece uma rede de ajuda no processo de recuperação das pessoas, resgatando a cidadania, buscando encontrar novas possibilidades de reabilitação física e psicológica, e de reinserção social".

 

Duas observações devem ser feitas: ao admitir, além do residencial, regimes de um ou dois turnos, esta definição equipara comunidade terapêutica às clinicas, que são propostas diferentes. O regime residencial é indissociável da comunidade terapêutica; por fim, ao estabelecer um programa terapêutico para cada caso, contraria a orientação de se privilegiar o trabalho em grupo. A própria Resolução admite que "o principal instrumento terapêutico é a convivência entre os pares".

 

Comunidade terapêutica – visão da Organização Mundial de Saúde (OMS):


"A Comunidade Terapêutica é um ambiente estruturado no qual indivíduos com transtornos por uso de substâncias psicoativa residem para alcançar a reabilitação. Tais Comunidades são em geral destinadas especificamente a pessoas dependente de drogas, elas operam sob normas estritas, são dirigidas principalmente por pessoas que se recuperaram de uma dependência, e são em geral isoladas geograficamente. As Comunidades Terapêuticas são caracterizadas por uma combinação de "teste de realidade" (através da confrontação do problema relacionado ao uso da droga pelo indivíduo) e de apoio dos funcionários e de co-residentes para a recuperação. Elas têm uma linha muito similar à dos grupos de ajuda mútua tais como Narcóticos Anônimos."

 

Comunidade Terapêutica - Etapa de Conscientização para a Reinserção, que podem ser oferecidas:

 

• Evitar pessoas, lugares e hábitos da ativa

 

• Possibilidade de saídas para grupos, lazer, cultura, visitas familiares.

 

• Existência de uma maior autonomia quanto a responsabilidades.

 

• Na necessidade de buscar, internamente, os instrumentos e ferramentas oferecidas e vivenciadas no tratamento.

 

• Na Reinserção Social é de fundamental importância que o residente entenda que é preciso aprender a refletir sobre suas atitudes e comportamentos.

 

É normal que no início desta etapa, o residente encontre algumas dificuldades, e com isso, tenha uma recaída em atitudes e comportamentos.

 

Comunidade Terapêutica - Objetivo da reinserção:

 

• Auto conhecimento.

• Reforço da capacidade de ser autônomo

• Fortalecer as relações

• Construir / re-construir a rede social

• Busca da felicidade

• Experimentar a prática das ferramentas aprendidas

• Distinguir meios e fins

• Links seguros

 

Comunidade Terapêutica - Agentes socializantes:

 

• Família

• Grupos sociais

• Amigos das irmandades anônimas

• Trabalho / escola

• Igreja

• Sociedade

• Veículos de comunicação

 

 


"Unimos a experiência dos que já vivenciaram a dependência química e hoje estão livres das drogas com o
profissionalismo de nossos médicos, psicólogos, nutricionistas e educador físico. A soma dessas forças fazem do
Centro de Recuperação Grupo Recanto uma das melhores opções no tratamento de drogas para dependentes químicos."
Fabricio Selbmann
Dir. Grupo Recanto